Reitor da Ufam recebe projeto arquitetônico de revitalização da antiga Faculdade de Direito

 
 
Carla Santos
Equipe Ascom
 

Subsecretário e titular da SEC, reitor da Ufam, professor Sylvio Puga se pronunciam sobre projeto arquitetônicoSubsecretário e titular da SEC, reitor da Ufam, professor Sylvio Puga se pronunciam sobre projeto arquitetônico

A Universidade Federal do Amazonas recebeu do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), o projeto arquitetônico de reforma e restauro da antiga Faculdade de Direito, localizado na Praça dos Remédios, no Centro Histórico de Manaus. A entrega do documento aconteceu durante evento ocorrido no último domingo, em frente à edificação, onde se reuniram membros e simpatizantes do Movimento ‘Salve a Velha Jaqueira’. A estrutura foi a que originou a Universidade Livre de Manaós, hoje, Ufam e deverá sediar, após obras finalizadas, um espaço acadêmico e cultural aberto à sociedade amazonense.
 
Para o reitor da Universidade, professor Sylvio Mario Puga Ferreira, a conclusão da elaboração do projeto arquitetônico significa um avanço na intenção de revitalização do prédio. “Agora iniciaremos uma etapa, não menos importante, que é a da captação de recursos para efetivamente melhorar o aspecto da estrutura, resgatando a memória jurídica desse Estado”, disse o reitor.
 
O gestor salientou, ainda, que sem a parceria firmada junto ao Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura, a jornada para revitalizar e reabrir as portas da antiga Faculdade de Direito seria mais difícil. 

Reitor e prefeita do campus posam com projeto que tem mais de 40 páginasReitor e prefeita do campus posam com projeto que tem mais de 40 páginas

“Faremos com que todo o anseio da comunidade se torne realidade. Recebo oficialmente esse projeto, que será repassado à Prefeitura do Campus Universitário, onde estão todos os projetos arquitetônicos da Instituição. Agradeço a confiança de todo secretariado estadual, não apenas ao da pasta de Cultura, secretário Denilson Novo, mas ao vice-governador, Bosco Saraiva, que também prestigiou este encontro, e a confiança do Movimento em nossa universidade. Estamos juntos para alcançar esse objetivo tão almejado”, frisou.
 
O secretário de Estado da Cultura, Denilson Novo, informou que o projeto de revitalização é parte integrante do termo de cooperação técnica firmado com a Universidade Federal do Amazonas, que incluirá, também, a participação de alunos em programas de pesquisa na área de cultura dentro da nova estrutura do prédio histórico. Há algumas semanas, o reitor acompanhou a reunião do Movimento ‘Salve a Velha Jaqueira’ que se deu junto à SEC, quando afinaram meios de trabalharem em consonância para viabilizar a revitalização do antigo prédio do Direito. 

Prefeita do Campus Universitário e arquiteta da SEC, responsável pelo trabalho arquitetônico Prefeita do Campus Universitário e arquiteta da SEC, responsável pelo trabalho arquitetônico

"Quando recebi a visita do reitor, que esteve lá conosco com sua equipe falando sobre essa campanha, ele falou de todos os processos e todas as etapas que estavam sendo vivenciadas. Eis que, dentro do nosso histórico de projetos, o da antiga Faculdade estava finalizado. Então o que levaria de seis meses a um ano para a universidade desenvolver, nós já tínhamos a ponto de executar”, revelou.

Já o líder do movimento ‘Salve a Velha Jaqueira’, Júlio Lopes, destacou a felicidade de todos os membros e simpatizantes do movimento com o cumprimento de mais uma etapa. “O movimento Salve a Velha Jaqueira, por seu coletivo, fica muito feliz com este passo determinante para a restauração do histórico prédio da Faculdade de Direito, justamente porque colaborou para este processo com transparência, honestidade de propósitos, perseverança e espírito colaborativo. E assim continuará fazendo, até a vitória final, de mãos dadas com a Ufam, com a SEC, com a comunidade jurídica e com as demais entidades e pessoas físicas identificadas e comprometidas, desde o princípio de nossa luta, com essa nobre causa”, declarou.

Projeto minucioso – A arquiteta responsável pelo projeto, Socorro Gouvêa, da SEC, conversou com a prefeita da PCU, arquiteta Carmem Silvia Guimarães. As duas falaram emocionadas sobre o projeto. “No ano de 2017 chegou um pedido da própria Universidade para que procedêssemos à feitura do projeto arquitetônico da Faculdade. Então nós montamos uma equipe: eu, como arquiteta e mais dois estagiários. A partir daí começamos a fazer um levantamento minucioso. Passamos cerca de seis, oito meses vindo aqui toda semana para levantarmos detalhes da construção. Fizemos esse trabalho de as bilt (como foi originalmente feito) para chegarmos ao projeto da forma como está”, contou a arquiteta da SEC.
 
A prefeita do Campus Universitário, Carmem Silvia Guimarães falou do momento. “Estou emocionada, verdadeiramente, porque é um projeto rico em detalhes, que nos revela muita história. A nós, da Administração, muito nos orgulha podermos revelar o quanto de memória essa antiga edificação guarda”, avaliou.